China estuda limite de consumo de energia

Um limite no consumo de energia deverá ser o destaque de um plano da China, a ser lançado este ano, para reduzir emissões de carbono. A redução do consumo é a pedra angular dos esforços chineses para diminuir as emissões crescentes de gases causadores de efeito estufa. O país, maior emissor mundial de gases de efeito estufa, está usando a luta contra o aquecimento para tornar sua economia mais eficiente e iniciar a comercialização de créditos de carbono. "Se você pode traduzir seu limite de energia em emissões comercializáveis, abre um leque de opções", disse Deborah Seligsohn, do World Resources Institute.

O Estado de S. Paulo

06 Agosto 2011 | 13h08

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.