China diz que não desistiu de acordo global sobre clima

O embaixador chinês para mudanças climáticas disse nesta quinta-feira que não desistiu de chegar a um acordo firme sobre o clima em Copenhague. Ele rejeitou comentários feitos por outras delegações de que a China havia desistido do acordo.

REUTERS

17 Dezembro 2009 | 09h06

"Não sei de onde saiu esse rumor, mas posso garantir a vocês que a delegação chinesa veio a Copenhague com esperança e que não desistiu... Copenhague é importante demais para fracassar", disse Yu Qingtai à Reuters durante o penúltimo dia da conferência sobre o clima realizado na capital dinamarquesa.

Uma autoridade de um país ocidental envolvido nas negociações havia dito mais cedo que a China teria dito a participantes da conferência que não via possibilidade de se chegar a um acordo detalhado para combater o aquecimento global.

Essa autoridade, que pediu para não ser identificada, disse à Reuters que os chineses sugeriram, em vez do acordo, a divulgação de "uma declaração política de algum tipo".

(Reportagem de Emma Graham-Harrison)

Mais conteúdo sobre:
AMBIENTE CLIMA CHINA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.