Chefe de comitê científico da ONU defende trabalho sobre o clima

Comitê avaliará erros encontrados no relatório do IPCC de 2007

Associated Press

14 Maio 2010 | 17h36

Uma dezena de eminentes cientistas iniciaram a revisão do trabalho do comitê científico da ONU sobre mudança climática, o IPCC, determinados a eliminar os erros que deram munição aos negacionistas que afirmam que o aquecimento global é uma fraude.

 

Depois de sofrer duros ataques e ser acusado de um trabalho desleixado, o presidente do IPCC, Rajendra Pachauri, defendeu os milhares de cientistas que contribuíram com os relatórios divulgados de seis em seis anos desde 1990, mas afirmou ao grupo de revisores que acolherá propostas para reforçar os freios e contrapesos do comitê.

 

"Seremos gratos por quaisquer sugestões que nos deixem tão à prova de erros quanto é humanamente possível", disse ele.

 

Pachauri, que presidiu o IPCC por oito anos, disse que o painel não tem mecanismos para responder a erros depois que os relatórios são publicados. os comitês científicos são dissolvidos assim que isso acontece, abrindo caminho para novos grupos iniciarem o trabalho nos relatórios seguintes.

 

Se um problema aparece, "não sabemos para onde ir", disse ele. Os cientistas que compilaram o relatório "Podem ter ido pescar. Como entrar em contato com eles?" Mesmo um atraso de poucos dias é inaceitável, disse ele.

 

"Precisamos desenvolver uma habilidade e a capacidade de nos comunicar melhor com o mundo exterior", disse ele.

 

Harold Shapiro, um ex-reitor da Universidade Princeton que encabeça o comitê de revisão, disse que um relatório preliminar será divulgado em 1º de setembro, tratando dos métodos do IPCC para reunir, resumir e revisar dados.

 

O comitê de 12 membros estudará erros específicos do relatório mais recente. "vamos ver o que aconteceu e tentar entender por quê", disse ele a jornalistas.

 

Dos quatro relatórios emitidos pelo IPCC em 2007, erros foram encontrados no segundo, que trata dos efeitos da mudança climática. O primeiro relatório - que define as bases científicas da afirmação de que o clima da Terra está mudando por causa da atividade humana - não teve, até agora, nenhuma incorreção apontada.

Mais conteúdo sobre:
ipcc pachauri aquecimento global

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.