Chávez diz que cúpula sobre clima fracassará por causa dos EUA

Presidente da Venezuela afirma que governo norte-americano 'não quer assumir um compromisso numérico'

Efe,

16 Novembro 2009 | 16h31

O presidente venezuelano, Hugo Chávez, disse nesta segunda-feira, 16, que a Conferência da ONU sobre a Mudança Climática, que será realizada em Copenhague entre os dias 7 e 18 de dezembro, fracassará "porque os Estados Unidos não querem assumir responsabilidades".

 

Veja também:

linkPaíses devem ir a Copenhague com 'definições claras', diz ONU

linkLula confirma presença na cúpula da ONU sobre clima

linkPaíses ricos descartam acordo definitivo em reunião de Copenhague

 

"Infelizmente, os EUA não querem assumir responsabilidades e estabelecer uma meta numérica de redução de gases até 2020", disse Chávez à imprensa após votar nas eleições internas de sua legenda, o Partido Socialista Unido da Venezuela (PSUV).

 

Para o presidente venezuelano, Washington quer a aprovação de um documento ambíguo no qual não estejam fixados objetivos concretos para, dessa maneira, poder desrespeitá-lo.

 

Chávez responsabilizou o presidente dos EUA, Barack Obama, por esse posicionamento. Além disso, para o venezuelano, Obama não estaria fazendo nada do que prometeu na campanha eleitoral. "Obama não quer assumir um compromisso numérico. Os EUA e os demais países desenvolvidos também não querem assumir numericamente quantos bilhões de dólares deveriam fornecer para que os países pobres se juntem à política de redução de gases", disse Chávez.

 

"Os resultados podem ser catastróficos para as próximas gerações, às quais que estamos obrigados a entregar um mundo habitável", acrescentou o presidente venezuelano.

Mais conteúdo sobre:
ChávezcúpulaOnuclima

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.