Cerca de 22 mil litros de óleo vazam em rio em Suzano (SP)

Água do rio deságua em represa que abastece zona Leste da capital; Sabesp diz que não houve contaminação

Solange Spigliatti, do estadao.com.br,

18 Janeiro 2010 | 11h55

Cerca de 22 mil litros de óleo vazaram após o rompimento de um tanque de óleo de uma indústria de pavimentação em Suzano, na Grande São Paulo, na tarde deste domingo, 17, segundo informações da Companhia de Tecnologia de Saneamento Ambiental (Cetesb).

 

De acordo com a Cetesb, que foi acionada pela Defesa Civil do município sobre o vazamento de um tanque da Construtora Triunfo, o óleo betuminoso, usado para a produção de asfalto, atingiu o curso de água que deságua no Rio Açupeba, usado para captação de água. O produto acabou contaminando o solo e a vegetação ao redor.

 

A água do rio, segundo a Prefeitura do município, deságua na represa onde está a estação de tratamento de água da Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp), onde a água é tratada e levada para moradores da zona leste da capital paulista. Segundo a Sabesp, a qualidade da água fornecida à população não foi afetada.

 

Técnicos da Cetesb fizeram monitoramento do vazamento, colocando barreiras de contenção e um empresa especializada em produtos químicos e aplicou barreiras absorventes, além da ajuda de caminhões com bombas de sucção usado para fazer a limpeza.

 

Durante a noite, a chuva forte acabou espalhando o produto em uma área maior. Estavam no local técnicos da Cetesb de Mogi das Cruzes, equipe de emergência da Cetesb de São Paulo e a Polícia Ambiental.

Mais conteúdo sobre:
vazamento oleo rio Suzano

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.