Cebola e alho podem causar envenenamento e anemia em cães

Segundo revista alemã, esses alimentos contêm uma substância 'que destrói a hemoglobina' nos animais

Efe

17 Setembro 2008 | 16h31

O grande consumo de alimentos como cebola e alho pode provocar envenenamento e anemia nos cachorros, publica nesta quarta-feira, 17, a revista alemã Dogs, especializada em cães. A publicação adverte contra a prática estendida entre os proprietários de cães de colocar alho na comida do animal para evitar pulgas. Segundo a revista, esses alimentos contêm uma substância "que destrói a hemoglobina", o que poderia bloquear os rins e provocar anemia e envenenamento. O artigo explica que o perigo não está no método de administração dos alimentos, mas na dose, que é considerada tóxica quando supera os cinco gramas de alho ou cebola fresca por cada quilo do animal. Além disso, existem raças mais sensíveis, como o Akita e o Shiba Inu para os quais esses produtos são venenosos em qualquer quantidade. Uma overdose de cebola ou alho nos cães provoca efeitos como diarréias, vômitos, fraqueza geral e taquicardia, acrescenta.

Mais conteúdo sobre:
animaisalimentação

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.