Cavernas nas Bahamas são último ensaio de fotógrafo submarino que morreu em ação

Fotógrafo americano Wes Skiles morreu pouco depois em outra expedição.

BBC Brasil, BBC

29 Julho 2010 | 06h21

As cavernas submersas das Bahamas foram o cenário do último ensaio do fotógrafo e cinegrafista americano Wes Skiles, que morreu no último dia 21 de julho.

Skiles, que tinha 52 anos e era um veterano fotógrafo submarino, morreu depois de uma outra expedição fotográfica, desta vez na costa do Estado americano da Flórida.

As imagens do último ensaio de Skiles fazem parte da reportagem de capa da edição de agosto das versões brasileira e americana da revista National Geographic. A edição brasileira estará nas bancas a partir da próxima terça-feira.

Segundo uma nota no site da publicação, Skiles era um colaborador frequente da National Geographic.

A imagem acima mostra o local conhecido como Sala da Cascata, que fica a cerca de 25 metros de profundidade nas Ilhas Ábaco, no norte das Bahamas.

Outras imagens podem ser vistas neste BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.