Cacau certificado vai para o Japão

No Brasil, apenas duas fazendas cacaueiras têm a certificação socioambiental emitida pela Rainforest: a M. Libânio e as Fazendas Reunidas Vale do Juliana. Ambas ficam no sul da Bahia e exportam quase a totalidade do cacau certificado para países como o Japão.

03 Junho 2010 | 17h08

 

O cacau da Vale do Juliana foi o primeiro a obter o certificado, em 2008. “Já tínhamos uma preocupação socioambiental antes de receber a certificação, mas ela ajudou a organizar nossas ações. Cacau certificado tem maior valor no mercado”, diz a engenheira ambiental Tayla Ribeiro Marrocos, da Vale do Juliana.

 

Uma pequena parte do cacau certificado do Vale do Juliana fica no Brasil. Depois de ser processado ele vira uma linha especial de chocolates criados pela paulistana Chocolat du Jour.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.