Buraco na camada de ozônio explica parte das secas australianas, diz estudo

Segundo cientistas, fenômeno é causa de 35% das mudanças climáticas da região.

BBC Brasil, BBC

22 de abril de 2011 | 16h12

O buraco na camada de ozônio da Antártida é parcialmente responsável pelas secas que vêm ocorrendo na Austrália, de acordo com um estudo divulgado na publicação científica Science.

Os cientistas liderados por uma equipe da universidade de Columbia, nos Estados Unidos, concluíram que o buraco causou mudanças nos padrões de vento e chuvas em todo o hemisfério sul.

"Em termos de média (o buraco na camada de ozônio causa) cerca de 10% de mudança climática), mas na Austrália, é de cerca de 35%", disse Sarah Kang, uma das responsáveis pelo estudo.

Os cientistas concluíram que outros fatores também têm influência, como a emissão dos gases que causam o efeito estufa e os ciclos naturais do clima, como os que causaram secas no passado.

Mecanismos

"O estudo ilustra o papel importante que mecanismos diferentes das mudanças climáticas têm para o impacto que vemos o clima ter", diz uma das maiores autoridades britânicas em clima, Myles Allen.

"É importante diferenciá-los em vez de assumir que qualquer impacto que vemos é causado por gases do efeito estufa."

As secas australianas levaram ao fechamento de várias fazendas e a um maior investimento em outras tecnologias como as de dessalinização da água do mar.

O buraco na camada de ozônio é causado por reações químicas na estratosfera, a camada superior da atmosfera, provocadas por substâncias como os clorofluorcarbonos (CFC), cujo uso em produtos industrializados foi restringido pelo Protocolo de Montreal, que entrou em vigor em 1989.

Apesar do tratado, o efeito dessas substâncias ainda deve se fazer sentir na atmosfera por décadas.

Acredita-se que a o buraco sobre a Antártida esteja recuperado até 2060.

O ozônio bloqueia raios ultravioletas do Sol, que podem causar câncer de pele e outras doenças.BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

  • Elefanta Ramba chega ao Brasil e segue para 'aposentadoria' em santuário de elefantes

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.