Brown quer emissões menores ao que foi proposto pela UE

Premiê britânico pede que bloco de países europeus reduza em 30% as emissões de gases-estufa até 2020

Agência Brasil,

08 Dezembro 2009 | 11h45

O primeiro ministro britânico, Gordon Brown, quer que a União Europeia se comprometa a reduzir em 30% as emissões de gases de efeito estufa até 2020 - valor 10% acima do que havia sido definido pelo bloco. As informações são da agência portuguesa Lusa. A iniciativa britânica significaria que o próprio Reino Unido teria que reduzir as suas emissões em 42% e não mais em 34%.

 

Veja também:

linkÚltima década foi a mais quentes da história, diz ONU 

linkFundo do clima pode excluir Brasil

linkAs promessas e pressões que dominaram o 1º dia da COP 

especialGlossário sobre o aquecimento global

especialO mundo mais quente: mudanças geográficas devido ao aquecimento

especialEntenda as negociações do novo acordo   

especialRumo à economia de baixo carbono 

 

 

Sob olhares atentos do mundo e com poucas chances reais de terminar com um acordo efetivo, começou nesta segunda-feira, 7, em Copenhague, a 15ª Conferência das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas (COP-15).

 

Até o dia 18, negociadores de mais de 190 países terão a difícil missão de chegar a um consenso sobre o novo acordo climático para complementar o Protocolo de Kyoto depois de 2012.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.