Brasil tem competência para diminuir desmatamento, diz Lula

Presidente aposta em redução progressiva da devastação da Floresta Amazônica nos próximos dez anos

08 Dezembro 2008 | 09h45

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou nesta segunda-feira, 8, em seu programa semanal de rádio, Café com Presidente, que o Brasil se apresenta ao mundo como um País "com competência" para diminuir o desmatamento.   Veja também: Meta do Brasil reforça posição de emergentes em reunião da ONU Ambientalistas vêem plano brasileiro com ceticismo "Nosso plano tem como objetivo fazer com que haja uma redução progressiva do desmatamento da Amazônia nos próximos dez anos. Já que o desmatamento é a principal fonte de emissão de gases de efeito estufa no Brasil, queremos reduzir", disse ao comentar o Plano Nacional de Mudanças Climáticas. Em seu programa semanal Café com o Presidente, ele garantiu que o compromisso de reduzir o desmatamento em 40% é "sério" e lembrou que os países desenvolvidos – maiores poluentes – assinaram o Protocolo de Kyoto e, até o momento, não cumpriram as metas estabelecidas. "Vamos ter policiais para tomar conta da Amazônia. Vamos chamar os prefeitos e os governadores dos estados, junto com o governo federal, porque não é possível a gente controlar tudo a partir de Brasília. Queremos fazer esse debate sobre a questão climática com o mundo dando exemplo daquilo que o Brasil sabe, pode e está fazendo".

Mais conteúdo sobre:
desmatamento café com presidente

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.