Brasil apresenta corte de 30% nas emissões de CO2 nos últimos 5 anos

O Brasil reduziu suas emissões de CO2 a 1,78 bilhão de toneladas de CO2 equivalente em 2009

REUTERS, REUTERS

26 Outubro 2010 | 17h02

O Brasil reduziu suas emissões de CO2 em pelo menos 34% nos últimos cinco anos, depois acumular uma alta de 60% na década e meia encerrada em 2005. O País virtualmente já atingiu sua meta de 2020, disse o governo nesta terça-feira, a um mês da cúpula sobre mudança climática marcada para Cancún no México.

 

Veja também:

link Emissões brasileiras de gases estufa aumentaram cerca de 60% entre 1990 e 2005

 

Em meio à redução das esperanças de um pacto das Nações Unidas no México, o Brasil quer mostrar seus progressos e pressionar os demais países a fazer maior esforço.

 

"Estamos indo a Cancún de cabeça erguida", disse o presidente Luiz Inácio Lula da Silva durante a cerimônia na qual lançou um fundo climático alimentado pela renda do petróleo.

 

O Brasil reduziu suas emissões de CO2 a 1,78 bilhão de toneladas de CO2 equivalente em 2009, queda de 33,6% frente a 2004. na reunião da ONU de Copenhague de 2009, o Brasil havia se comprometido a atingir a meta de 1,7 bilhão de toneladas em 2020.

 

A queda, segundo o ministro da Ciência e Tecnologia, Sérgio Rezende, se deve principalmente à redução do desmatamento na Amazônia nos últimos anos, somada à manutenção do nível de crescimento de emissões nos outros setores.

 

Mas com a economia crescendo a mais de 7% ao ano, o Brasil enfrentará desafios para reduzir, ou mesmo limitar, as emissões no futuro.

 

"Chegaremos a um ponto onde será difícil contar com o desflorestamento para obter mais reduções de carbono", disse o diretor-geral do Instituto nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), Gilberto Câmara. O Inpe mede a destruição da floresta.

Autoridades dizem que o governo precisa agora concentrar-se em outras fontes de emissão.

 

"Precisamos controlar as emissões de gases do efeito estufa na energia, agricultura e indústria", afirmou Rezende.

 

(com Agência Brasil)

Mais conteúdo sobre:
co2 efeito estufa mudança climática

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.