Barco com 3 mil toneladas de soda cáustica encalha no Golfo do México

Não houve vazamento da substância; autoridades estão avaliando se houve dando ambiental

Associated Press,

11 Junho 2010 | 22h33

VERACRUZ, MÉXICO- Um barco de bandeira liberiana procedente de um porto de Texas e carregado com pouco mais de 3.000 toneladas de soda cáustica encalhou nesta sexta-feira, 11, próximo do porto de Tuxpan, no Golfo do México, sem reporte de vazamentos da substância química.

 

Veja também:

linkNavio colide com plataforma no Golfo do México

linkEUA já gastaram US$ 140 milhões com vazamento no Golfo 

linkPremiê britânico discutirá vazamento com Obama

linkMancha de óleo atinge canais no litoral da Flórida

 

As autoridades estão avaliando no momento os possíveis danos aos recifes, que são protegidos por lei.

 

O chefe da Capitania do porto de Tuxpan, Gaspar Cime Escobedo, afirmou que a embarcação ``Chekstran Alster'' estava vindo de Houston. Quando se encontrava a cerca de 7,2 milhas náuticas (13,3 km) do porto, não conseguiu manobrar e encalhou na zona de recifes conhecida como Baixo do Meio.

 

O capitão do porto disse à Associated Press que ainda estão avaliando se o barco encalhado causou algum dano ambiental, o que implicaria em uma sanção para a empresa de navegação, mas adiantou que não há vazamento de soda cáustica.

 

A soda é um produto usado na indústria (principalmente como uma base química) na fabricação de papel, tecidos, detergentes e branqueadores, entre outros.

 

A secretária de Proteção Civil estadual, Silvia Domínguez, confirmou que havia 19 tripulantes no barco, que estão sendo interrogados para descobrir como o acidente ocorreu.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.