Ban Ki-moon quer corte maior em emissões de CO2

Todos os países precisam adotar metas mais rígidas para combater o aquecimento global e os ricos devem estabelecer uma meta de ajuda climática para 2020 para ajudar as nações pobres, disse o secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, nesta quarta-feira.

REUTERS

16 Dezembro 2009 | 09h56

"Estamos somente três dias distantes de um acordo em Copenhague. Estou razoavelmente otimista", disse Ban ao serviço televisivo Reuters Insider durante a conferência global sobre o clima, iniciada no dia 7 deste mês e que se encerra no dia 18. A reunião tem o objetivo de chegar a um acordo global para combater o aquecimento global.

"Faço um apelo para que todos os países apareçam com metas mais ambiciosas", disse.

Mais conteúdo sobre:
AMBIENTE CLIMA BAN*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.