Baleia presa em rede é libertada na Austrália

Funcionários do governo e de parque aquático precisaram de três horas para libertar jubarte

BBC Brasil, BBC

28 Setembro 2009 | 14h09

Equipes de resgate na Austrália libertaram uma baleia jubarte capturada em uma rede para controle de tubarões na costa do Estado de Queensland (nordeste do país).

A baleia media cerca de oito metros de comprimento e pesava 40 toneladas. Ela foi vista no domingo na costa por um salva-vidas.

Funcionários da Autoridade de Navegação e Pesca de Queensland, juntamente com representantes do parque aquático Sea World da Austrália, foram para o local para tentar liberar o mamífero da rede.

"Ela estava completamente enrolada na rede, desde a cabeça, a barbatana peitoral esquerda e a cauda", afirmou Trevor Long, porta-voz do Sea World.

Um grupo de pessoas se reuniu na praia para assistir à operação, que foi complicada e durou pouco menos de três horas.

"Com certeza é assustador, muita adrenalina para a tripulação a bordo", afirmou Ken Pratt, que trabalha para a Autoridade de Navegação e Pesca de Queensland e participou da operação.

Logo depois de ser liberada, a baleia logo se moveu para continuar sua migração para o sul.

Esta é a segunda baleia que fica presa nas redes de controle de tubarões na região de Queensland apenas em setembro.

As redes são usadas na Austrália há mais de 70 anos e são criticadas por grupos ambientalistas, pois além de conter os tubarões, elas também prendem milhares de golfinhos, tartarugas e outras criaturas marinhas. Em média, quatro baleias ficam presas nas redes todo ano.

 

BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.