Baleia morre após passar dois dias encalhada em praia de Búzios

Mesmo com rebocador, não foi possível realizar resgate de jubarte com quase 30 toneladas

EFE

27 de outubro de 2010 | 14h08

Uma baleia que estava encalhada há dois dias em Búzios, a 167 quilômetros do Rio de Janeiro, morreu na madrugada de hoje apesar das tentativas de resgate de bombeiros e voluntários, informaram fontes oficiais.

 

O mamífero de 12 metros de comprimento estava preso desde segunda-feira na beira do mar, mas apesar dos esforços feitos para o desencalhe, inclusive utilizando rebocadores, não foi possível salvá-lo.

 

As quase 30 toneladas da baleia, da espécie Jubarte, foram um peso excessivo demais até para o rebocador cedido pela Petrobras para o resgate.

 

Os esforços agora estão voltados para a retirada do cadáver e não se descarta a possibilidade de cortá-lo em pedaços para retirá-lo o mais rápido possível, disseram à Agência Brasil porta-vozes do Corpo de Bombeiros do município.

 

Neste ano, sete baleias desta espécie encalharam no litoral do nacional, segundo um relatório da ONG Instituto Baleia Jubarte.

Mais conteúdo sobre:
BaleiaJubarteMorreBúzios

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.