Baleia encalhada é morta com explosivos

Uma baleia-jubarte de 9,5 metros em estado terminal foi sacrificada ontem com a ajuda de explosivos na Austrália. Ela encalhou numa praia há duas semanas.

O Estado de S. Paulo

03 de setembro de 2010 | 13h11

 

Foram feitas tentativas de devolvê-la para a água, sem sucesso. O governo decidiu fazer o sacrifício quando ela se deslocou para um banco de areia, numa posição em que poderia ser estabilizada. Os explosivos foram colocados na região da cabeça. O uso de explosivos é recomendado quando as baleias têm mais de 8 metros.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.