Baleeiro japonês ataca barco de ativistas autralianos

Apesar de ter tido a embarcação cortada ao meio, todos os seis tripulantes foram resgatados com vida

Reuters

06 Janeiro 2010 | 04h31

 

Ativistas acusam uma embarcação japonesa de atacar sua embarcação e seus tripulantes que protestavam contra a caça de baleias nesta quarta-feira, 6.

 

A organização australiana Sea Shepherd Conservation Society declarou que seu barco Ady Gil foi cortado ao meio pela embarcação japonesa Shon Maru 2 quando se aproxima do barco. Ainda segundo os autralianos, o barco foi atingido por projéteis lançados pelos japoneses, mas apesar da avaria sofrida pelo Ady Gil, todos os seis tripulantes foram salvos.

 

De acordo com o comandante australiano, Jeff Hansen, o Shon Maru 2 tinha a embarcação autraliana em sua linha de visão, mas mesmo assim não desviou sua rota e atacou os ativistas.

Mais conteúdo sobre:
baleeiro, caça, ativistas

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.