Avião da Nasa sobrevoa Antártida para medir o degelo

Com lasers e radares, avião adaptado pela Nasa tentará determinar o que ocorre sob o gelo

Associated Press,

16 Outubro 2009 | 18h09

Subindo para melhor entender como o derretimento da Antártida poderá inundar o planeta, um avião da Nasa, equipado com lasers e radares de penetração do solo, fez seu primeiro sobrevoo do continente gelado nesta sexta-feira, 16.

 

O DC-8 deixou Punta Arenas, no Chile, numa missão para voar a uma altitude mínima de 300 metros sobre a Antártida. Como os satélites que já trouxeram dados contundentes sobre o encolhimento das geleiras, o avião medirá a cobertura de neve e a espessura do gelo. Mas ele também transporta equipamentos que permitirão aos cientistas enxergar por baixo das camadas de gelo, medindo a água subjacente.

 

A meta é compreender de que forma as correntes oceânicas quentes podem estar puxando as camadas de gelo para o mar, derretendo-as por baixo. Essas camadas estão desmoronando rapidamente - numa velocidade de até 9 metros ao ano, de acordo com estudo publicado na revista Nature no mês passado.

 

Se essas camadas que estão sobre a água desaparecerem, as massas de gelo que estão sobre o continente poderão migrar para o mar e derreter, fazendo afundar comunidades costeiras por todo o mundo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.