Avanço de tempestade 'Dolly' deixa litoral do México em alerta

Defesa Civil recomendou evacuação de um trecho de faixa litorânea entre Playa del Carmen e Tulum

EFE

20 Julho 2008 | 22h21

As autoridades do estado de Quintana Roo, na região do Caribe mexicano, declararam hoje "alerta laranja" (perigo alto) perante o avanço da tempestade tropical "Dolly", que ameaça o litoral do país.   Fontes da Defesa Civil mexicana disseram à Efe que, às 16h30 no horário local (18h30 de Brasília), o estado foi posto em alerta e se recomendou a evacuação de uma faixa litorânea de 100 quilômetros entre as localidades de Playa del Carmen e Tulum.   A quarta tempestade tropical da temporada de furacões do Atlântico atingiu uma das principais áreas turísticas do México, onde se encontram destinos como Cancún, Isla Mujeres e Cozumel. A zona, que abriga importantes cadeias de hotéis, se encontra em plena temporada de férias, e por isso abriga atualmente dezenas de milhares de turistas.   O Serviço Meteorológico Nacional (SMN) informou que espera que o "Dolly" atinja, no começo da noite de hoje, a região compreendida entre Playa del Carmen e Tulum.   "No transcurso da noite (deste domingo) cruzará a península de Iucatã e, durante a manhã do dia 21, sairá ao Golfo do México, próximo de Puerto Progreso", acrescentou o organismo.   No momento em que foi declarado o alerta, o "Dolly" se encontrava cerca de 350 quilômetros ao leste de Chetumal, a capital de Quintana Roo, e a 265 quilômetros ao sudeste de Cozumel.   O fenômeno se desloca com ventos máximos de 75 km/h, e a previsão é que progrida nas próximas horas, embora se preveja que manterá a categoria de tempestade tropical.   A atividade nos aeroportos do estado, particularmente no de Cancún, o mais importante da região, continua sendo normal.

Mais conteúdo sobre:
méxicodollytempestade tropical

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.