Ausências esvaziam cúpula de países amazônicos sobre clima

Lula receberá em Manaus Nicolas Sarkozy, representando a Guiana Francesa, e Bharrat Jagdeo, da Guiana

Reuters,

26 Novembro 2009 | 16h09

O presidente da Venezuela, Hugo Chávez, não comparecerá à cúpula dos países amazônicos e a França sobre meio ambiente nesta quinta-feira, 26, informou o governo venezuelano. A ausência esvazia ainda mais o encontro, que já não contaria com a maioria dos presidentes convidados.

 

Veja também:

linkGreenpeace pede a Obama, Lula e Sarkozy acordo sobre clima

linkChina irá a Copenhague e levará meta de redução de emissões

linkEmissão do Brasil cresceu 62% entre 1990 e 2005

linkEUA vão propor corte de 17% em suas emissões

especial Entenda as negociações do novo acordo 

 

Segundo o embaixador venezuelano no Brasil, Julio Garcia Montoya, a mudança de agenda deve-se ao prolongamento da permanência do presidente do Irã, Mahmoud Ahmadinejad, na Venezuela.

 

"Infelizmente, teve uma mudança de agenda em função da visita do presidente Ahmadinejad. Ele estendeu sua visita à Venezuela, e então atrapalhou a viagem do presidente Chávez ao Brasil", disse Montoya a jornalistas, acrescentando que o país será representado no encontro pelos ministros das Relações Exteriores e Meio Ambiente.

 

A reunião, a ser realizada na tarde desta quinta-feira em Manaus, tem como objetivo tentar fechar uma posição comum dos países da região amazônica e da França sobre o combate às mudanças climáticas.

 

Além do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, devem participar do encontro os presidentes da França, Nicolas Sarkozy, e da Guiana, Bharrat Jagdeo. Foram também convidados os presidentes de todos os países da Organização do Tratado de Cooperação Amazônica (OTCA) - Brasil, Bolívia, Colômbia, Equador, Guiana, Peru, Suriname e Venezuela.

Mais conteúdo sobre:
cupula clima Amazonia Manaus

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.