Aquário australiano faz massagem em tubarões

Melbourne, a segunda maior cidade da Austrália, tem o único spa para tubarões do mundo

Giovana Vitola, BBC

25 Setembro 2008 | 15h54

Um aquário em Melbourne, a segunda maior cidade da Austrália, tem o único spa para tubarões do mundo.   O maior predador do oceano não é temido pela bióloga marinha Alisson Edmunds, que também é a massagista. "Parece estranho massagearmos tubarões, mas eles sofrem lesões musculares como nós, e a massagem funciona para todas da mesma forma", diz Edmunds. A massagem é realizada em forma de rodízio. Uma vez por semana, cada um dos sete tubarões do aquário tem sua chance de relaxar e tirar as dores do corpo. A parte mais difícil é levar o animal para a massagem. É preciso que pelo menos dois mergulhadores cheguem ao fundo da piscina e utilizem um saco plástico especial para carregar o animal para o tratamento. Após a sessão de dez minutos, o tubarão nem parece o mesmo. Volta devagar e sem pestanejar para a piscina artificial. Salvando vidas A pele do tubarão tem a mesma textura de uma lixa. Por isso, os movimentos tem que ser feitos sempre da cabeça para o rabo. "Uma massagem pode salvar a vida deles, como já aconteceu", afirma a bióloga. Em 2001, um grupo de pesquisadores marinhos australianos encontrou um tubarão nadando em círculos na baía de Melbourne e resolveu levar o animal para o aquário. Descobriram que Bella, como apelidaram a fêmea, tinha problemas musculares em uma das nadadeiras e poderia morrer se não fosse tratada. Em outros aquários, tubarões que não se movimentam direito podem até ser sacrificados.

Mais conteúdo sobre:
tubarões austrália

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.