Água só foi considerada ótima em 9% dos pontos em 2006

Relatório de Conjuntura dos Recursos Hídricos traz informações sobre chuvas, eventos críticos e irrigação

da Redação,

26 Março 2009 | 17h08

Do total de pontos monitorados em 2006, a qualidade da água foi considerada ótima em apenas 9%, boa em 70%, razoável em 14%, ruim em 5% e péssima em 2%. É o que informa a Agência Nacional de Águas (ANA) nesta quinta-feira, 26, no Relatório de Conjuntura dos Recursos Hídricos no Brasil.

 

Veja também:

link Site oficial do Relatório de Conjuntura dos Recursos Hídricos

link Para vizinhos, Brasil deveria ver água como direito humano

 

O relatório, que está em sua primeira edição e deve ser atualizado anualmente, traz informações sobre chuvas, eventos críticos, irrigação, hidroenergia e navegação, entre outras, além da qualidade da água.

 

Segundo o documento, do total dos 5.564 municípios brasileiros, 788, ou 14%, tiveram decretada situação de emergência devido a seca em 2007 e outros 176 (3%) devido a enchentes.

 

Quanto à geração de energia elétrica, o relatório afirma que a capacidade de produção do País cresceu pouco mais de 4% entre 2006 e 2007.

 

Além disso, o relatório também traz dados sobre a irrigação no Brasil. Segundo o documento, o País está em 16º lugar no ranking mundial, detendo pouco mais de 1% da área total irrigada no mundo, estimada em 4,6 milhões de hectares.

Mais conteúdo sobre:
águaBrasil

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.