Acidente causa vazamento de 240 toneladas de petróleo na China

O vazamento teria sido causado por um motorista de caminhão ao escavar o local para enterrar lixo

Efe

04 Maio 2010 | 03h27

A ruptura de um oleoduto da companhia petrolífera estatal chinesa Sinopec causou o vazamento de 240 toneladas de petróleo em campos de cultivo e estradas da província oriental de Shandong, informou a imprensa oficial.

 

Veja também:

linkVazamento de petróleo no Golfo custa mais de US$ 6 milhões/dia, diz BP

linkContra mancha de petróleo, Estados pedem reforço

linkBP assume fatura do acidente e promete compensação rápida

 

O derramamento aconteceu no último domingo, 02, e obrigou a Sinopec a enviar funcionários à região para efetuar consertos. Na segunda-feira a operação do oleoduto voltou ao normal, segundo a agência Xinhua. Também foram realizados trabalhos de limpeza, que conseguiram recuperar 220 das 240 toneladas derramadas, acrescentou a informação.

 

Aparentemente, a ruptura do oleoduto aconteceu quando um motorista de um caminhão fez uma escavação para enterrar lixo de uma zona em construção na localidade de Jiulong, na mesma região. O motorista fugiu quando percebeu o vazamento e está sendo procurado pela Polícia.

Mais conteúdo sobre:
Petróleo China

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.