2010 empata com ano mais quente já registrado, diz órgão da ONU

O ano passado empatou com o ano mais quente já registrado, confirmando uma tendência de aquecimento a longo prazo, informou nesta quinta-feira a Organização Meteorológica Mundial (OMM).

REUTERS

20 Janeiro 2011 | 13h09

Os primeiros dez anos do milênio foram os mais quentes desde os primeiros registros de clima, disse a organização.

"Dados recebidos pela OMM indicam que não há diferença estatística significante entre as temperaturas globais em 2010, 2005 e 1998," disse em comunicado a agência, que faz parte da Organização das Nações Unidas (ONU).

A OMM produz um ranking a partir de dados fornecidos por agências britânicas e norte-americanas.

Dados divulgados por institutos britânicos na quarta-feira indicavam que o ano passado foi o segundo ano mais quente depois de 1998, enquanto outros dois dos principais grupos que monitoram o aquecimento global no mundo, localizados nos Estados Unidos, disseram que 2010 estava empatado com o ano mais quente já registrado.

Durante os 10 anos entre 2001 e 2010, as temperaturas globais tiveram um aumento médio de 0,45 graus Celsius em relação à média de 1961-1990, e foram as temperaturas mais altas já registradas para um período de 10 anos desde que os registros começaram, disse a OMM.

"Os dados de 2010 confirmam a tendência de aquecimento global no longo prazo," disse o secretário-geral da OMM, Michel Jerraud. "Todos os 10 anos mais quentes registrados ocorreram desde 1998."

A diferença entre os três anos mais quentes foi menor que a margem de incerteza na comparação de dados, segundo a OMM. A avaliação é baseada em dados coletados em condições climáticas terrestres e estações de clima, navios, bóias e satélites.

(Reportagem de Stephanie Nebehay)

Mais conteúdo sobre:
CLIMA 2010 RECORDE*

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.