2007 ficará entre 7 anos mais quentes já registrados, diz estudo

A década que vai de 1998 a 2007 foi a mais quente desde o início dos registros, por volta de 1850

ALISTER DOYLE, REUTERS

13 de dezembro de 2007 | 15h18

Este ano ficará entre os sete anos mais quentes já registrados, mostraram dados da ONU na quinta-feira, segundo os quais 2007 também teve fenômenos climáticos extremos, como o drástico degelo no Ártico.      ONU teme fracasso de negociações sobre mudança climática  Oceano Ártico poderá ter verão sem gelo já em 2013  UE ameaça boicotar acordo de clima dos EUA se Bali fracassar  Falta de radiação sugere que Himalaia parou de acumular gelo   O estudo também afirmou que a década que vai de 1998 a 2007 foi a mais quente desde o início dos registros, por volta de 1850, reforçando o aquecimento "inequívoco" que vem acontecendo nas últimas décadas, segundo o painel climático da ONU. "O que vemos é a confirmação dessa tendência de aquecimento", disse Michel Jarraud, chefe da Organização Meteorológica Mundial, durante as negociações sobre o clima promovidas pela Organização das Nações Unidas (ONU) e que reúnem 190 países, para tentar decidir o que fazer para conter as mudanças no clima. "Este ano ficou entre os sete mais quentes", disse ele. Segundo a OMM, 1998 foi o ano mais quente, seguido por 2005, 2001, 2003, 2004 e 2006. De acordo com Jarraud, ainda não dá para classificar 2007 com precisão. Jarraud ressaltou que o gelo ártico chegou à menor área desde o início dos registros por imagens de satélite, nos anos 1970, e abriu a lendária Passagem Noroeste. Ele também citou o ciclone que matou 3.000 pessoas em Bangladesh em novembro, as estiagens na Austrália e na China e as enchentes na Bolívia. A Inglaterra teve o verão mais úmido desde o início dos registros, em 1766. As negociações de Bali, que devem terminar na sexta-feira, tentam obter diretrizes para a realização de dois anos de contatos, para que todos os países concordem com um mecanismo para combater o aquecimento global.

Tudo o que sabemos sobre:
CLIMASETEMAISQUENTES

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.