Converse com suas plantas e flores

Lucia Damico

14 Setembro 2012 | 07h34

Desde pequena, ouço que as plantas ficam mais bonitas se ‘conversarmos’ com elas. Você também já deve ter recebido a recomendação de alguma tia ou avó, não?

Em abril deste ano visitei a Fazenda Tropical Flores, em Itapeva/MG, que faz parte do Grupo Reijers. O local tem cerca de 200 mil m², mais de 1 milhão de roseiras plantadas e pelo menos 40 mil colhidas diariamente.

Segundo o engenheiro agrônomo Gustavo Franco Rosa Vieira, conversar com as plantas é um hábito entre os funcionários da fazenda. “Aproximadamente 15 mil plantas recebem esse tratamento, um trabalho comparado ao cuidado com nossos filhos. Há uma preocupação especial com a evolução da planta. Cada estufa é carinhosamente cuidada”.

Conversar com plantas também é normal para a publicitária Heloísa Dutra, que têm vários vasinhos de flores e plantas espalhados pela casa. “É um hábito positivo, transmite uma paz interior e me sinto renovada. Parece que as plantas percebem que fico mais contente e elas retribuem minha felicidade, com a beleza e o colorido de suas flores e folhas”.

De acordo com a psicóloga Marilda Lipp, diretora do Centro Psicológico de Controle do Estresse (Campinas/SP) “manter contato direto com a natureza nos dá uma sensação de plenitude emocional. Dedicar-se ao cultivo das plantas e ao tratamento das flores ajuda na homeostase, no alcance do equilíbrio”.

Falar com suas plantas é um sinal de plena saúde e uma declaração de amor.

Curta Flores de Lulu no Facebook
Siga o @FloresdeLulu no Twitter
Mande críticas e sugestões para floresdelulu@gmail.com

Mais conteúdo sobre:

Flores de Lulu; Estadão; Reijers