Vergonha brasileira: quase 2.000km de florestas desapareceram na Amazônia em apenas um ano, segundo dados divulgados pelo Imazon
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Vergonha brasileira: quase 2.000km de florestas desapareceram na Amazônia em apenas um ano, segundo dados divulgados pelo Imazon

Dener Giovanini

18 Julho 2013 | 18h11

Dados divulgados pelo instituto de pesquisa Imazon revelam um alarmante aumento de 103% no desmatamento da Amazônia Legal. Entre agosto de 2012 a junho de 2013 foram desmatados 1.838 quilômetros quadrados de floresta. No período de agosto de 2011 a junho de 2012 o número foi de 907 quilômetros quadrados.

Somente no último mês de junho, desapareceram 169 quilômetros quadrados de floresta. Em junho de 2012 o número foi de 15 quilômetros quadrados, indicando um aumento de 1078% de degradação florestal.

Os estados que mais desmataram foram: Pará (42%), Amazonas (32%), Mato Grosso (18%) e Rondônia (5%).

Os dados divulgados pelo Imazon revelam uma desastrosa e equivocada gestão pública federal sobre os recursos naturais brasileiros. A ministra do Meio Ambiente Izabella Teixeira, que recentemente chocou o país ao assinar a resolução 457 do Conama (aquela que estimula o tráfico de animais), segue imbatível rumo o título de pior gestora da recente história ambiental brasileira. E o Brasil, por consequência, também segue imbatível na rota do desastre ambiental, tornando-se uma nação indigna da rica biodiversidade que possui.

Pobre país.

Para acessar o Relatório completo do Imazon, CLIQUE AQUI.

Imagem: Modis/Nasa