ADORO FESTAS DE PEÃO
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

ADORO FESTAS DE PEÃO

Dener Giovanini

12 Setembro 2011 | 14h19

A cultura rural brasileira é riquíssima. E diversificada. As Festas de Peão de Boiadeiro movimentam milhões de pessoas e milhões de reais. Em algumas regiões do país, talvez seja a única oportunidade da população ter acesso à shows de destaque, de viver momentos de consagração à sua cultura interiorana. As Festas de Peão se transformaram em uma indústria poderosa e influente. São alegres, ricas em patrocínio e despertam uma grande simpatia numa parcela considerável da população brasileira.

Com toda essa estrutura e apoio, as Festas de Peão estão consolidadas na cultura brasileira. E exatamente por isso, podem dispensar, sem nenhum receio de perder público ou patrocínio, as atividades que envolvem maus-tratos a animais. E ressalto que a dispensa seria exclusivamente dos maus-tratos. Os animais poderiam continuar abrilhantando os eventos. Os belos cavalos premiados poderiam continuar desfilando e emocionando o público. As belas vacas poderiam continuar sendo exibidas com orgulho. Não acredito que ninguém seria contra a participação desses animais nessas festas.

O que os dirigentes das Festas de Peão precisam entender é que os defensores dos animais não são contra a festa em si. Ao contrário. Penso inclusive que esses eventos teriam um aumento de público se banissem a crueldade. Gateiros e cachorreiros adoram ver uma vaquinha bem tratada e um cavalo com pelo escovado e brilhante.

E os Peões? Ah, seria maravilhoso vê-los mostrar sua força física em “cabos-de-guerra” uns contra os outros. Ou então numa disputa de laço onde o alvo seriam touros mecânicos. Opções não faltarão: corridas de Peões, rally-a-pé de Peões, festival musical de Peões, enfim, basta dar uma olhadinha nas atividades olímpicas e adaptá-las ao mundo rural. Seria fantástico.

Então senhores dirigentes de Festas de Peão? O que está faltando para vocês assumirem a vanguarda mundial e transformarem o Brasil num exemplo de respeito aos animais?

Festa de Barretos. Foto: Leandro Nascimento/Os Independentes.

Mais conteúdo sobre:

ambientalistasArtigos