Futuro da Amazônia estará em foco das discussões da semana do clima de Nova York

Futuro da Amazônia estará em foco das discussões da semana do clima de Nova York

Pelo menos três grandes eventos na cidade terão a região como tema, nas vésperas da Cúpula do Clima da ONU, no dia 23

Giovana Girardi

19 de setembro de 2019 | 15h28

Os caminhos para um desenvolvimento sustentável da Amazônia, que ganhou atenção mundial nas últimas semanas após a escalada de desmatamento e das queimadas, serão um dos destaques da semana de discussões sobre mudanças climáticas que começa a partir desta sexta-feira, 20, Nova York.

Pelo menos três grandes eventos na cidade terão a região como tema, nas vésperas da Cúpula do Clima da ONU, no dia 23. Por falta de se dispor a apresentar informações sobre aumento da ambição de seus compromissos para o combate ao aquecimento global, o Brasil não vai discursar no evento. Mas os eventos paralelos trarão essa visão dentro de uma tentativa de discutir para onde é possível caminhar de modo a proteger a floresta, mas também trazer desenvolvimento local.

No sábado, 21, ocorre a reunião Amazônia Além da Crise, que vai reunir líderes indígenas, empresários do agronegócio, cientistas e ambientalistas para pensar ações imediatas e de longo prazo para prevenir o desmatamento e incêndios, bem como proteger e promover os direitos humanos da população local.

Conversando com líderes indígenas estarão o presidente da Associação Brasileira do Agronegócio (Abag), Marcello Brito, o diretor executivo do Instituto de Pesquisa Ambiental da Amazônia (Ipam) e da Coalizão Brasil, Clima, Florestas e Agricultura, André Guimarães, o cientista Carlos Nobre, pesquisador do Instituto de Estudos Avançados da USP, entre outros.

Camiseta por uma “Amazônia Possível” será usada na marcha pelo clima, que acontece nesta sexta, em Nova York. Divulgação

No domingo, 22, os três integram um grupo que lança Um Diálogo para a Amazônia Possível, que tem como objetivo estabelecer uma agenda pelo desenvolvimento sustentável da floresta. Estarão presentes também a gerente do programa de Mudanças Climáticas do Instituto Arapyaú, Renata Piazzon; a CEO do The B Team, Halla Tómasdóttir; a diretora global de Sustentabilidade da Natura, Denise Hills; e o cineasta Fernando Meirelles, responsável pela produção do vídeo Amazônia Possível, além do empresário Guilherme Leal, integrante do Conselho do Pacto Global da ONU.

Neste evento, será lançado o vídeo dirigido por Meirelles, com fotos de Sebastião Salgado e narração da atriz Maria Fernanda Cândido.

Na terça, 23, será realizado o evento Brasil e o Futuro da Floresta, com Marina Silva, a deputada federal Tabata Amaral (PDT-SP), a deputada estadual de SP Marina Helou (Rede), Brenda Brito, do Imazon, a especialista em política climática Natalie Unterstell, entre outros.

Tudo o que sabemos sobre:

Amazôniaaquecimento globalNova York

Tendências: