Reprodução
Reprodução

Tubarões da Groenlândia são os vertebrados mais longevos do mundo

Segundo pesquisa, eles podem viver até 400 anos e demoram pelo menos 150 para alcançar a maturidade sexual

O Estado de S.Paulo

11 Agosto 2016 | 23h38

Os tubarões da Groenlândia são os vertebrados mais longevos do mundo, com uma expectativa de vida de até 400 anos, superando a das tartarugas das Galápagos, no Equador, segundo um estudo publicado nesta quinta-feira, 11.

Estas criaturas crescem cerca de um centímetro por ano e seu lento desenvolvimento contribui para sua excepcional longevidade, motivo pelo qual conseguem viver mais tempo que os campeões desta característica: as tartarugas Galápagos e as baleias da Groenlândia.

Uma só espécie animal no mundo é conhecida por ter longevidade superior, um marisco: "A esperança de vida de um tubarão da Groenlândia só é superada pela do molusco da Islândia", que segundo os registros chegou a viver 507 anos, indica o estudo publicado na revista Science.

O tubarão da Groenlândia é, além do mais, o maior peixe encontrado em águas do Ártico e demora ao menos 150 anos para alcançar a maturidade sexual, explica a pesquisa.

Os cientistas se basearam na análise de carbono 14 efetuada sobre a zona ocular de 28 fêmeas da espécie, capturadas por acidente.

Os pesquisadores podem obter elementos sobre a idade das criaturas marinhas ao encontrar traços de radiações atômicas em seus tecidos, as quais provêm de testes nucleares realizados depois da década de 1950.

Os dois tubarões maiores que foram estudados tinham comprimento de 4,93 m e 5,02 m, e "idades próximas de 335 anos e 392 anos, respectivamente", segundo estimaram os cientistas.

A longevidade média dos tubarões da Groenlândia é de cerca de 272 anos, mas a fêmea capturada de maior idade tinha nascido durante o reino de Luis XIII, afirmaram os cientistas./AFP

Mais conteúdo sobre:
Groenlândia Equador Islândia

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.