Tempestade tropical Katia pode não ganhar muita força nesta 6a

A tempestade tropical Katia, que deixou de ser classificada como um furacão de categoria 1, não deve se intensificar nesta sexta-feira, disse o Centro Nacional de Furacões (NHC, na sigla em inglês) dos EUA em seu último relatório.

REUTERS

02 Setembro 2011 | 08h26

Aproximadamente às 6h (horário de Brasília), a Katia, localizada a 1.205 quilômetros leste das ilhas Leeward, no Caribe, estava produzindo ventos de velocidades máximas de 110 quilômetros por hora.

Não houve alertas emitidos para as regiões costeiras, disse o NHC.

"A Katia está se deslocando no sentido oeste-noroeste perto de 24 quilômetros por hora, e um deslocamento rumo a noroeste a uma velocidade mais lenta é esperado para os próximos dias", disse o NHC.

Ciclones tropicais se tornam tempestades oficiais quando seus ventos excedem 63 quilômetros por hora e se tornam furacões quando seus ventos atingem 119 quilômetros por hora.

(Reportagem de NR Sethuraman)

Mais conteúdo sobre:
CLIMA TEMPESTADE KATIA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.