1. Usuário
Assine o Estadão
assine


Tempestade Elida estaciona na costa do México e provoca fortes chuvas

REUTERS

01 Julho 2014 | 20h 05

A tempestade tropical Elida permanecia estacionada nesta terça-feira nas águas do oceano Pacífico, diante da costa ocidental do México, provocando chuvas torrenciais que levaram as autoridades a declarar alertas de deslizamento, ondas elevadas e transbordamento de rios.

O governo mexicano informou que a Elida, o quinto ciclone tropical da temporada no Pacífico, causava chuvas em pelo menos 15 Estados no oeste, sul e centro do país.

"Estão previstas chuvas intensas em partes de Sinaloa, Nayarit, Jalisco, Colima, Michoacán, Hidalgo, Estado de México, Puebla e Guerrero; muito fortes em regiões do Distrito Federal, Guanajuato, Querétaro e Tlaxcala, e fortes em áreas de Aguascalientes e Morelos", declarou a Comissão Nacional da Água em um comunicado.

O centro do Elida se localizava 185 quilômetros ao sul de Puerto de Manzanillo, com ventos máximos de 75 quilômetros por hora, disse o Centro Nacional de Furacões dos Estados Unidos.

A tempestade, que segundo as previsões deve começar a se mover lentamente na quarta-feira para longe da costa, irá criar ondas elevadas de até quatro metros de Guerrero até Nayarit.

"A tempestade está praticamente estacionada e está previsto pouco movimento durante o próximo dia ou dois dias", afirmou o centro no comunicado.

(Reportagem de Miguel Angel Gutiérrez)