Tecnologia é cercada de polêmica

Plantio de variedades geneticamente modificadas ocorre no País desde 2004

14 Abril 2010 | 12h26

Os transgênicos ou organismos geneticamente modificados (OGM) são produzidos em laboratório por meio da introdução de genes de outras espécies, com o objetivo de atribuir a eles novas características – no caso dos grãos, resistência a pragas e a condições climáticas adversas, como secas prolongadas.

No Brasil, o plantio de transgênicos ocorre desde 2004 e está sujeito à aprovação da Comissão Técnica Nacional de Biossegurança (CNTBio), que assessora o governo federal nas questões de biotecnologia.

Mas a tecnologia é cercada de polêmicas. Entre os argumentos contrários ao uso dos transgênicos estão o risco de contaminação de lavouras convencionais pelos genes modificados e a falta de estudos que comprovem que o consumo desses alimentos não traz riscos à saúde humana e ao ambiente.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.