Série de falhas causou tragédia ambiental no Golfo do México

Segundo investigação do jornal The New York Times, vazamento ocorreu porque as defesas existentes falharam

27 Dezembro 2010 | 13h02

A explosão de uma plataforma petrolífera no dia 20 de abril no Golfo do México, que causou o maior desastre ambiental da história dos EUA, ocorreu porque todas as defesas existentes na Deepwater Horizon falharam, segundo o jornal The New York Times. A publicação fez sua própria investigação sobre a explosão que matou 11 trabalhadores e deixou dezenas de feridos.

 

De acordo com a reportagem, certas defesas implantadas não funcionaram, algumas foram ativadas tarde demais e outras nunca chegaram a ser completamente desenvolvidas. O relatório apontou ainda que a comunicação desmoronou, que não foram detectados sinais de aviso e membros da tripulação em áreas críticas não conseguiram coordenar uma resposta. O resultado foi a paralisia.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.