Reunião no Planalto sobre Código Florestal termina sem acordo

Intenção era votar as mudanças no Código nesta quarta-feira (4)

Agência Brasil,

04 Maio 2011 | 17h15

Brasília - Mais uma tentativa de acordo para a votação do Código Florestal não obteve sucesso. Ela ocorreu nesta quarta-feira, 4, no Palácio do Planalto, durante o almoço. O relator da matéria, Aldo Rebelo (PCdoB-SP) se reuniu com o ministro-chefe da Casa Civil, Antonio Palocci, o líder do governo na Câmara, Cândido Vacarezza (PT-SP), e com o ministro das Relações Institucionais, Luiz Sérgio.

Veja também:

blogFernando Gabeira: O imprevisível novo Código Florestal

link Governo faz pressão para mudar texto do Código

link Análise:Imagem de vestido de noiva contrasta com clima de guerra

link ''A reforma da lei ambiental foi preparada por leigos, visando o lucro''

documento Íntegra da proposta do Novo Código Florestal

video Entenda o novo Código Florestal

 forum Aldo Rebelo:Código Florestal, o equilíbrio possível

lista A polêmica atualização do Código Florestal do Brasil

Aldo e Vacarezza deixaram o Planalto sem falar com a imprensa. A única informação foi de que as negociações continuavam e que o relator e governo não conseguiram chegar a um acordo sobre o texto.

Desde o início da semana, o Planalto se mobilizou mais intensivamente para a votação. Palocci e Luiz Sérgio se dedicaram a reuniões com o relator da matéria e com o líder do governo na Câmara.

A pressa em votar o Código Florestal é do governo. Mais cedo, Luiz Sérgio chegou a se reunir com o presidente da Câmara, Marco Maia (PT-RS), e com líderes partidários para tentar construir um acordo para a votação. Ao sair da reunião, Luiz Sérgio disse que o governo trabalhava com a hipótese de "construir um relatório consensual".

Mais conteúdo sobre:
Código Florestal meio ambiente

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.