Piranha é pescada em rio polonês

Foi captura incomum para a região, já que o habitat natural desse tipo de peixe é a América do Sul

Efe

08 Agosto 2008 | 16h59

Um homem e seu genro pescaram uma piranha nas águas do rio Vístula, nas proximidades de Varsóvia, uma captura incomum na região, já que o habitat natural desse tipo de peixe é a América do Sul.   Segundo informou nesta sexta-feira, 8, o tablóide polonês Fakt, os dois homens capturaram com surpresa um peixe de 23 centímetros e 320 gramas, que resultou ser uma piranha.   O tranqüilo dia de pesca se transformou em um acontecimento inesquecível para Kazimierz Górecki e seu genro, Michal Labadz.   Os pescadores asseguraram ao diário que, felizmente, não foram mordidos pelo peixe, que se caracteriza por seus dentes afiados e, às vezes, por uma grande agressividade.   Para especialistas entrevistados pela Fakt, é um mistério como esse peixe conseguiu chegar às águas do rio Vístula.

Mais conteúdo sobre:
meio ambiente pesca

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.