Philips passa a coletar aparelhos antigos

Empresa lança programa poucos dias após aprovação, na Câmara, da Lei Nacional dos Resíduos Sólidos

Afra Balazina e Andrea Vialli, de O Estado de S. Paulo

16 Março 2010 | 11h30

Poucos dias após a aprovação, pela Câmara, da Lei Nacional dos Resíduos Sólidos, que prevê que a indústria tenha responsabilidades pelos eletroeletrônicos ao fim de sua vida útil, a fabricante Philips lançou ontem seu programa de recolhimento de aparelhos antigos.

 

Quem possuir eletrodomésticos das marcas Philips e Walita e quiser dar o descarte correto aos aparelhos poderá entrar em contato com a empresa por meio do serviço de atendimento ao consumidor (SAC) e solicitar o estabelecimento mais próximo onde poderá devolver o eletrodoméstico.

 

Conforme explicou Marcos Bicudo, presidente da Philips, no primeiro momento serão disponibilizados 40 pontos de coleta, pertencentes à rede de assistência autorizada da Philips. A empresa Oxil, de Paulínia (SP) fará a desmontagem e reciclagem de componentes como plástico e metais.

 

“O objetivo é que esses componentes voltem à indústria como matérias-primas, não necessariamente na própria Philips”, afirmou Bicudo. A empresa, que também atua no setor de iluminação, pretende passar a recolher também lâmpadas fluorescentes no futuro.

 

Faça a sua parte

Quem quiser informações sobre postos de coleta de eletrodomésticos pode acessar o site www.sustentabilidade.philips.com.br.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.