EFE|Ettore Ferrari
EFE|Ettore Ferrari

Papa critica quem nega o aquecimento global: ‘o homem é estúpido’ 

'Cientistas dizem claramente qual é o caminho a seguir', disse o pontífice à imprensa após visita à Colômbia

O Estado de S.Paulo

11 Setembro 2017 | 21h48

O papa Francisco criticou ontem, durante uma coletiva de imprensa no voo em que estava após visitar a Colômbia, aqueles que negam as evidências do aquecimento global. 

Francisco usou uma frase do Antigo Testamento. "O homem é um estúpido, é um teimoso que não vê. O único animal que tropeça duas vezes na mesma pedra", disse o pontífice, enquanto pedia para que sejam tomadas medidas rápidas para conter os efeitos do aquecimento global.

"Quem nega as mudanças climáticas tem de ir aos cientistas e perguntar a eles. São claros e precisos", destacou Francisco ao responder às perguntas de jornalistas.

O papa se referiu às imagens recentes de degelo do Polo Norte e citou um estudo científico que “dizia que temos só três anos para voltar atrás (...)”. “Se não voltarmos atrás, será o fim.”

“Os cientistas dizem claramente qual é o caminho a seguir”, acrescentou o papa, que também afirmou que “cada um tem uma responsabilidade moral (em relação ao meio ambiente)”. O pontífice criticou, ainda, interesses comerciais, que se sobrepõem à causa. "Tudo depende do dinheiro e não só da defesa do meio ambiente." / EFE

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.