Pandas gêmeos de dois meses são apresentados no Japão

Filhotes se chamam Meihin e Eihin e vivem no parque de atrações Adventure World junto com sua mãe, Rauhin

Efe

13 Novembro 2008 | 14h36

Dois filhotes gêmeos de urso panda que nasceram em setembro em um parque da província de Wakayama, na região central do Japão, foram apresentados nesta quinta-feira, 13, após receberem seus novos nomes Meihin e Eihin.   Segundo a site do parque de atrações Adventure World, onde foram dados à luz o filhote fêmea, Meihin nasceu 1 hora e 10 minutos antes de seu irmão gêmeo, Eihin, em 13 de setembro.   Meihin nasceu com 194 gramas, e seu irmão, com 116 gramas.   Os gêmeos, que vivem no parque de atrações desde então, já pesam mais de dois quilos cada um e começaram a abrir os olhos, segundo os responsáveis do parque, localizado na cidade de Shirahama.   São filhos da panda gigante Rauhin, que nasceu em 2000 no parque e que se transformou na primeira mamãe panda nascida no Japão.   Raihin ficou grávida por métodos naturais em abril e deu à luz cinco meses depois, o período de gestação habitual dos ursos panda.   Em agosto, o filhote de urso panda gigante concebido por inseminação artificial que nasceu em um zoológico de Kobe, no sudoeste do Japão, morreu dois dias após seu nascimento.   Era o primeiro panda que nascia por este método artificial desde 1988 no Japão.

Mais conteúdo sobre:
pandas meio ambiente

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.