Mais de 120 baleias-piloto são mortas nas Ilhas Faroe, província da Dinamarca

Todos os anos, espécie Globicephala melaena passa pela costa e é alvo de caçadores

Reuters

23 Julho 2010 | 15h35

Fotos: Andrija Ilic/Reuters

 

Mais de 120 baleias-piloto mortas nesta sexta-feira, 23, são vistas no Porto de Tórshavn, nas Ilhas Faroe, uma província autônoma da Dinamarca entre a Escócia e a Islândia.

 

Todos os anos, grupos da espécie Globicephala melaena passam pela costa do arquipélago no Atlântico Norte e são alvo de caçadores.

 

 

No passado, os pescadores usavam lanças e arpões, mas hoje utilizam equipamentos modernos, como facas especiais, cordas e bastões de medição.

 

Na foto abaixo, um morador das Ilhas Faroe mostra ao filho como retirar os dentes da boca da baleia.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.