Madagáscar terá US$ 52 milhões para proteger biodiversidade

Com agências

23 Junho 2011 | 14h15

O Banco Mundial aprovou na quarta-feira um empréstimo de US$ 52 milhões para ajudar a ilha de Madagáscar a proteger sua biodiversidade. Famosa pelas florestas tropicais e pelos lêmures, a ilha tem registrado um aumento expressivo de desmatamento e exploração ilegal de madeira, o que ameaça as espécies. Desde 2009, o país vive uma crise política e, por isso, o banco decidiu suspender financiamentos para Madagáscar. De acordo com a instituição, o atual empréstimo é uma exceção, "por causa da importância da biodiversidade de Madagáscar".

Mais conteúdo sobre:
Madagáscar biodiversidade

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.