Lei climática deve ser dividida em duas nos EUA

Democratas tentam tratar independência energética e redução de emissões separadamente

Reuters

20 Janeiro 2010 | 15h42

A legislação climática que está pendente no Congresso Americano pode ser desmembrada em duas para que se garanta que as partes que encorajam o uso de fontes de energia mais limpa possam passar no Senado, agora que os democratas controlam uma cadeira a menos, disse hoje o líder dos democratas na Casa, Steny Hoyer.

 

Os elementos que limitam as emissões de carbono devem ser tratados separadamente agora que o Republicano Scott Brown ganhou a vaga do Senado pelo estado de Massachusetts, que era ocupada por um Democrata, afirmou Hoyer.

 

“Nós não podemos deixar que um tema seja sequestrado por outro. Eu acredito que podemos levar adiante a ideia de nos tornarmos menos dependentes energeticamente, e espero que possamos igualmente fazer algo pelas emissões de CO2, mas não quero que um tema dependa do outro”, resumiu.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.