Islândia aumenta cota de caça de baleias para próximos 5 anos

A cota no ano passado era de 9 de baleias fin e de 40 baleias minke e passou para 150 de cada espécie

Efe,

28 Janeiro 2009 | 16h03

As autoridades islandesas autorizaram a partir de 2009 a caça de 150 exemplares anuais de baleia fin e outros tantos de baleias minke durante os próximos cinco anos, informou nesta quarta-feira, 28, a emissora Rádio da Islândia.   Veja também: Austrália nega acordo com Japão para limite da caça às baleias Austrália descarta ação legal pelo fim da caça às baleias Ambientalistas querem ação legal contra baleeiros japoneses   A cota permitida no ano passado era de 9 de baleias fin e de 40 baleias minke.   O ministro de Pesca Einar Gudfinnsson justificou a decisão apelando para as recomendações do Instituto de Pesquisas Marinhas da Islândia.   O governo islandês de coalizão entre conservadores e social-democratas renunciou há dois dias, por causa dos protestos contra sua gestão durante a crise econômica que atinge o país.

Mais conteúdo sobre:
baleias Islândia

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.