G8 está fracassando no combate ao efeito estufa, diz WWF

Canadá é o destauqe negativo da avaliação, mas nem os países bem colocados estão fazendo o suficiente

Reuters,

01 Julho 2009 | 14h33

Com apenas cinco meses de prazo até a data de assinatura de um novo pacto global sobre a mudança climática, nenhum dos países do G8, grupo que reúne as sete maiores economias industriais do mundo e a Rússia,  está fazendo suficiente para conter o efeito estufa. E o que menos vem atuando nesse sentido é o Canadá, diz estudo divulgado nesta quarta-feira, 1º.

 

Veja também:

especial Entenda as negociações do novo acordo sobre mudança climática

especialEspecial: Quiz: você tem uma vida sustentável? 

especialEspecial: Evolução das emissões de carbono  

especialEspecial: As ações diárias que salvam o planeta 

especial Expansão econômica vs. sustentabilidade

 

Os "Boletins de Clima do G8", compilados pelo grupo ambientalista WWF, diz que até mesmo os membros mais verdes do clube dos países ricos - Alemanha, Reino Unido e França - não estão no caminho certo para evitar que o "limiar do perigo" da elevação da temperatura média terrestre seja cruzado. Acredita-se que os piores efeitos do aquecimento global poderão ser evitados se as temperaturas não subirem mais de 2º C acima dos níveis pré-industriais.

 

Os líderes do G8 reúnem-se na Itália na próxima semana para discutir a crise financeira mundial e a mudança climática, a esperança de obter progressos rumo a um novo pacto global, que deve ser assinado em Copenhague em dezembro, e que substituirá o Protocolo de Kyoto, firmado em 1997.

 

"Embora possa haver uma possibilidade de bancar o sistema financeiro, não haverá dinheiro para salvar o planeta depois que a mudança climática ultrapassar o limiar do perigo", disse o líder do WWF, James Leape, no prefácio da avaliação.

 

O boletim anual do G8 deu destaque negativo ao Canadá, dizendo que o governo conservador do primeiro-ministro Stephen Harper não implementou um plano para reduzir as emissões de gases causadores do efeito estufa, que no Canadá já estão entre as maiores per capita do mundo, e aumentando. O Canadá sequer está perto de cumprir os compromissos assumidos sob o Protocolo de Kyoto, diz a ONG.

Mais conteúdo sobre:
aquecimento global efeito estufa g8 wwf

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.