Furacão Bill ganha ainda mais força e passa à categoria 4

Com ventos de 215 km/h, ciclone deve atingir as Ilhas Leeward até a madrugada de quinta-feira

19 Agosto 2009 | 07h30

 
AP
 Imagem de satélite mostra a posição do furacão Bill no Oceano Atlântico
 

MIAMI - O furacão Bill, o primeiro da temporada de furacões do Atlântico este ano, foi elevado à categoria 4 (em uma escala de um a cinco) nesta quarta-feira, 19, com ventos máximos de até 215 km/h, informou o Centro Nacional de Furacões dos EUA. Às 6h de Brasília, o centro do Bill estava localizado cerca de 740 quilômetros a leste das Ilhas Leeward e seguindo em direção oeste-noroeste a 26 km/h.

A perigosa tempestade pode se fortalecer ainda mais e deve seguir em direção ao noroeste, informou o Centro. "O olho desse perigoso furacão passará a nordeste das ilhas Leeward entre o final do dia e a madrugada de quinta-feira", informou o NHC.

 

Entre quinta e sexta-feira, ondas gigantes associadas a tempestades deverão atingir o norte do mar do Caribe. Os efeitos da tormenta devem chegar às Bermudas e partes da costa sudeste dos Estados Unidos na sexta-feira e no sábado. O NHC não espera que Bill chegue ao Golfo do México, onde está parte da infraestrutura de extração de petróleo dos EUA.

 

Mais conteúdo sobre:
Furacão Bill

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.