Furacão Adrian ganha força mas se mantém longe da costa mexicana

O furacão Adrian, o primeiro da temporada do Pacífico, ganhou força na quinta-feira e alcançou a categoria 4 na escala de intensidade Saffir-Simpson, que vai até 5, mas se mantinha longe da costa mexicana, informou o Central Nacional de Furacões dos Estados Unidos.

REUTERS

09 Junho 2011 | 22h15

Às 19h30 (horário de Brasília), o furacão tinha ventos sustentados de 210 quilômetros por hora e trajetória oeste-noroeste a 15 quilômetros por hora, distanciando-se do continente.

O Adrian estava 520 quilômetros ao sul do balneário de Manzanillo.

"O furacão Adrian continua muito longe da costa mexicana do Pacífico", afirmou o centro.

O México não tem instalações petrolíferas na costa oeste, mas sua região costeira é um destino popular de férias. No ano passado, o furacão Frank deixou ao menos três mortos no Estado de Oaxaca, no sul do país.

(Reportagem de Adriana Barrera e Elinor Comlay)

Mais conteúdo sobre:
CLIMA ADRIAN FORCA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.