BBC
BBC

Flor fedorenta de 1,5 m atrai multidão no Japão

'Amorphophallus titanum' tinha desabrochado há 20 anos pela última vez

BBC Brasil, BBC

23 Julho 2010 | 12h57

Milhares de pessoas fizeram fila nesta sexta-feira no Japão para ver uma flor gigante, com um forte fedor, que desabrochou pela primeira vez em 20 anos.

Uma das flores mais exóticas do planeta, a Amorphophallus titanum (conhecia como jarro-titã, flor-cadáver ou titan arum, em inglês) tem um 1,5 m de altura e ocorre naturalmente na ilha de Sumatra, na Indonésia.

No Jardim Botânico de Koishikawa, em Tóquio, a última vez que a flor surgiu foi em 1991.

Parte da fama vem também do mau cheiro da flor rara. Cientistas dizem que o odor de carne podre que ela exala serve para atrair insetos, que acabam carregando pólem da planta depois de ficarem presos nela.

Uma vez que a flor acaba de desabrochar, as pétalas se fecham e o caule central se quebra, soltando o pólen e os insetos que tinham ficado presos.

Funcionários do jardim botânico abriram um pequeno orifício na lateral para coletar pólen e fertilizar uma nova geração de flores. BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.