Fiesp cria grupo técnico para discutir redução de desmatamento

A Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) e o Instituto de Estudos do Comércio e Negociações Internacionais (Icone) criaram um grupo técnico para avaliar como a implementação do mecanismo Redução de Emissões por Desmatamento e Degradação Florestal (Redd+, sigla em inglês) pode ser fomentada no Brasil. O mecanismo permite a negociação de créditos de carbono de áreas de floresta preservada. O grupo estudará alternativas adequadas para que o setor privado brasileiro participe da implementação desse mecanismo, que vem sendo discutido na Convenção-Quadro das Nações Unidas sobre Mudança do Clima. / ANDREA VIALLI, com EFE

12 Julho 2011 | 09h35

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.