Evo Morales leva documento de conferência climática à ONU

O presidente da Bolívia, Evo Morales, vai liderar uma delegação que apresentará na Organização das Nações Unidas (ONU), semana que vem, as conclusões de uma recente cúpula climática ocorrida em seu país, com o objetivo de avançar em sua campanha de pressão em prol de medidas de proteção ao meio ambiente.

REUTERS

29 Abril 2010 | 16h34

O governo boliviano informou nesta quinta-feira que o mandatário indígena prevê viajar também a Madri, depois, para entregar as mesmas conclusões ao governo espanhol, que preside temporariamente a União Europeia.

Entre as conclusões da Conferência dos Povos sobre a Mudança Climática, realizada entre 19 e 22 de abril no povoado de Tiquipaya, na região central da Bolívia, destacam-se a criação de um tribunal ambiental mundial e a redução em 50 por cento das emissões de gases do efeito estufa.

Morales apresentará ao secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, as demandas da conferência dentro de uma campanha que pretende criar pressão sobre uma cúpula climática mundial prevista para o fim do ano no México.

(Reportagem de Carlos A. Quiroga L.)

Mais conteúdo sobre:
CLIMA MORALES ONU*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.